DÚVIDAS FREQUENTES

Quanto tempo demora para conseguir tocar um instrumento?

Cada aluno traz consigo uma bagagem, suas vivências, sonhos e expectativas. Respeitamos cada criança em sua individualidade e, justamente por isso, não há como precisar o tempo que se leva para tocar um instrumento. Com o comprometimento do(a) aluno(a) e de seus pais, em pouco tempo, será perceptível sua evolução.

Quanto tempo demora para saber se o aluno tem dom ou talento para a música?

O lema do Método Suzuki é “TODA CRIANÇA APRENDE INDEPENDENTE DE DOM OU DE TALENTO”. Acreditamos que todo aluno é capaz de aprender desde que haja comprometimento, persistência e dedicação. Nosso método de ensino consiste em um tripé, formado pelo professor, pelo aluno e por seus pais. Se cada um fizer a sua parte, será possível atingir um alto nível de competência e habilidade musical em qualquer instrumento que a criança deseje.

Não sou uma criança, posso começar um instrumento?

Nunca é tarde para começar o estudo de música. É necessário apenas tempo para se dedicar ao estudo em casa, paciência e regularidade para aprender um instrumento.

Como escolher um instrumento para meu filho?

Orientamos as famílias na escolha do instrumento para seus filhos. Entretanto, é muito importante ter em mente de que enquanto a escolha do instrumento é da criança, o decisão pelo compromisso de largo prazo com o estudo de música, pelo menos nos primeiros anos, é dos pais.

Como são as mensalidades?

Cobramos os 12 meses. Para novos alunos, será cobrada uma taxa de R$ 170,00 correspondente ao curso de Filosofia Suzuki para os pais, sendo este obrigatório. A mensalidade inclui aulas semanais individuais e em grupo. Pais com bebês recém-nascidos estão convidados a assistir gratuitamente às aulas de musicalização, sem ter que se comprometer com a matricula ou com a mensalidade até o bebê atingir os primeiros 6 meses de idade. A participação em qualquer uma das orquestras depende do nível de habilidade técnica e de leitura do estudante.

Só 30 minutos aula?

O tempo da aula depende da idade, da concentração, da regularidade e da quantidade de tempo gastos em casa com o estudo. Para a maior parte dos alunos iniciantes, 30 minutos de aula é mais do que suficiente para trabalhar. Quando houver necessidade de mais tempo de aula o professor conversará com os pais ou responsáveis, e a decisão de aumentar o tempo de aula será tomada juntos.

Como é a forma de pagamento?

O pagamento da mensalidade deverá ser efetuado todo dia 10 do mês por meio de cheque ou de depósito bancário na conta da escola.

Preciso ter um instrumento para iniciar o curso?

NÃO! O Método Suzuki acredita que uma criança aprende um instrumento musical do mesmo modo como aprende a língua materna. Os primeiros passos do aprendizado consistem em ouvir e conhecer o instrumento. É essa sensibilização que vai possibilitar mais a frente a escolha do instrumento pela criança. Venha conhecer o Centro Suzuki de Campinas!

Quando comprar o instrumento?

O instrumento deverá ser adquirido quando solicitado pelo professor, que irá orientar os pais sobre o tamanho, o modelo e onde comprar. Além disso, a escola possui diversas parcerias com fabricantes e profissionais tornando o custo de aquisição, reposição e manutenção relativamente mais baixos.

Como funciona a reposição das aulas?

O aluno deve desmarcar a aula com 24 horas de antecedência. Será agendado um outro dia para a reposição. Caso o mesmo não compareça no dia marcado não haverá outra reposição. Temos por regra a realização de no mínimo 17 aulas semestrais. Caso este número de aulas tenha sido cumprido no semestre e o professor, ou o aluno, falte, não haverá reposição.

Como funcionam as férias?

Seguimos o calendário escolar. Começamos as atividades do primeiro semestre no 1º dia útil do mês de fevereiro e terminamos em 30 de junho. Recomeçamos o segundo semestre no 1º dia útil do mês de agosto, finalizando as aulas em 15 de dezembro.

Quais são os principais diferenciais do Método Suzuki comparado a outros métodos de ensino?

O Método Suzuki possui três pilares para o ensino da música que lhe diferencia e o torna mais assertivo e bem-sucedido:

     - música como habilidade: a capacidade de tocar música não     está relacionado a um dom ou talento, mas, sim, é consequência   de uma prática regular e consciente do instrumento. Portanto, o   aluno recebe tarefas que deve repetir diariamente com o auxílio de um dos pais ou cuidador.

     - participação dos pais: no Método Suzuki a participação dos pais no estudo é essencial tanto nas aulas presenciais quanto em casa, quando devem estudar diariamente junto com a criança.

     - método da língua mãe: todo mundo, independentemente da inteligência, idade ou capacidade, sabe se comunicar na língua materna, já que há um processo definido de audição, apropriação e prática. Este método é utilizado fortemente pela Metodologia Suzuki ao ensinar música. Nós acreditamos que todo mundo é capaz de tocar muito bem um instrumento musical.